Vídeos

Móveis estofados e seu risco de incêndio: teste de queima de sofás

O teste side by side de queima de sofás foi realizado em 2010 pela Efectis Nederland, laboratório especializado em testes de fogo, e comissionado pela BSEF, espelho global da ABICHAMA.

Foram testados sofás produzidos por um mesmo fabricante (Ikea), porém comercializados em regiões com legislações de segurança contra incêndio de estofados diferentes: um do Reino Unido, que atendia a altos padrões de inflamabilidade, e um modelo comercializado na Europa Continental, onde os requisitos de segurança contra incêndio não são tão restritivos.

O teste ilustra claramente a diferença de reação ao fogo apresentada por estes itens de acordo com as legislações locais de segurança contra incêndio e como a ignição destes itens pode contribuir para o desenvolvimento ou agravamento de um incêndio em um aposento, residencial ou não.

No Brasil, não há ainda legislação compulsória de incêndio específica para mobiliário estofados. O Comitê Brasileiro de Segurança Contra Incêndio da ABNT (ABNT/CB-024) publicou em 2015, com o apoio técnico da ABICHAMA, uma norma voluntária para o mercado que trata da inflamabilidade de móveis estofados, sob o nome de ABNT NBR 16405 – Sofás, poltronas e assentos estofados – Avaliação das características de ignitabilidade – Classificação e métodos de ensaio. A norma brasileira é baseada nos métodos de ensaio propostos na norma inglesa BS 5852 e classifica o desempenho dos móveis estofados com base na sua contribuição para o incêndio.